41 3018 5900 | 41 3018 4240 | 41 98733 1611

Acesse seu boleto AQUI

Saiba escolher os materiais de construção para sua reforma

Postado em 23nov2018



Fique atento aos detalhes na hora de comprar para não ter prejuízo depois

Não tem jeito, reformar dá trabalho. Escolher profissionais, o que vai ser feito e os materiais são itens básicos. Aí começa aquela corrida em busca do melhor orçamento, afinal os preços dos produtos variam muito de uma loja para a outra.Mas não é só valor que você deve ficar atento, veja também a qualidade do material que vai comprar e detalhes como validade, quantidade necessária e correto armazenamento. Assim, diminui o risco de problemas futuros.

1 – Cimentos e massas


Cimento e massa (Foto: Shutterstock)

Não adianta você comprar 30 sacos de argamassa, cimento ou massa pronta se eles não serão usados de imediato. Esses itens empedram muito facilmente em contato com ambientes úmidos, como o das obras, ou mesmo armazenados em locais inadequados, como garagens. Verifique quando irá precisar compre com a maior proximidade da data de uso. E atenção: não é tudo igual, cada marca tem um tempo de secagem e um resistência própria. Leia as instruções e leve a mais indicada para o local onde irá aplicar.

2 – Areia

Ela faz par com o cimento e é base da alvenaria. Geralmente é vendida em sacos (lembrando que a massa pronta substitui cimento e areia na maioria dos casos). A areia tem várias ‘peneiras’: grossa, média e fina. A mais usada em reformas residenciais é a média, com grãos entre 0,42 e dois milímetros de diâmetro. Antes da escolha, peça ajuda profissional indicando o local onde será aplicada.

3 – Pisos e revestimentos

Pisos e revestimentos (Foto: Shutterstock)

Gostou daquele descontão? Cuidado! Pisos e revestimentos são feitos por coleções e costumam ter preço reduzido quando estão saindo de linha, o que acontece quase sempre. Veja se terá produto suficiente e com uma certa margem, para o caso de reposição futura.

4 – Material hidráulico

Hidráulica (Foto: Shutterstock)

Tubos e conexões precisam ter tamanho e especificação corretos para evitar problemas. Uma conexão mal colocada é risco de vazamento em breve. Nesse caso, opte também pelas marcas conhecidas pela durabilidade. Veja o tipo de vazão e pressão da água para escolher o encanamento e lembre-se: para água quente (locais com aquecedor) a tubulação deve ser própria para altas temperaturas.

5 – Elétricos

Não coloque sua família em risco e nem queira que seu apartamento pegue fogo porque a fiação não aguentou a potência do ar-condicionado, por exemplo. Escolha a fiação correta para cada uso. Chuveiros e aparelhos de ar-condicionado precisam de cabos mais grossos. Para passar atrás do fogão embutido, fios antichamas. Faça um quadro de energia grande, não economize nos disjuntores para não sobrecarregar o sistema elétrico.

6 – Tintas

Tintas (Foto: Shutterstock)

Veja a validade e o tipo de tinta mais adequado para o local onde será utilizado. Hoje a maioria não tem cheio forte e seca rápido, mesmo assim pergunte. A cor não é a única coisa a escolher. Existem tintas foscas, com brilho ou intermediárias. Na dúvida, leve uma pequena quantidade e faça o teste em uma parede.

Fonte: https://revista.zapimoveis.com.br

Últimas
postagens

© 2017 EFFECT COBRANÇAS LTDA. Todos os direitos reservados.
Design edenilsonmaciel.com | Desenvolvido por Seens TI